sexta-feira, 12 de março de 2010

DIFICULDADES COM O FINLANDÊS

Olá pessoal!
Tenho andado bem distante do blog...pois é!

Primeiro, porque estava mesmo sem novidades. No inverno meio que me "aprisionei" em casa. E também, tive problemas com o meu curso de finlandês que me deixou bastante estressada nesses dois últimos meses.

É que os cursos de finlandês, para quem está no Programa de Integração aqui, são muito puxados. Tipo: 3 horas de aula por dia e 4 dias na semana (o meu é inicial e o próximo nível é 6 a 7 horas por dia todos os dias da semana)... e em 4 meses de aula vimos 14 capítulos do livro e cada capítulo de livro aborda, em geral, mais de um assunto gramatical novo e, além das novas palavras de cada grupo, por exemplo: dias, meses, anos, números (de 0 a 1 bilhão), horas, estações do ano, partes do dia, roupas, moradias, cidades, nomes, nacionalidades, países, idiomas, tipos de clima, temperatura, mobiliário, adjetivos, muitos tipos de perguntas e respostas e tudo isso só para os quatro primeiros capítulos do livro, e a professora ainda trazia muito mais e mais palavras e frases novas além do livro. Então, só para moradia e mobiliário foram mais de 50 palavras, e por aí foi...A situação piorava quando tinha dúvidas: perguntava à professora e ela respondia em finlandês....affffffffffff! Isso era tão complicado que nos dois últimos meses eu já nem me dava ao trabalho de perguntar nada. Imaginem!

Resultado: mesmo com minha média de notas estando em 9,5 eu não estava dando conta de minhas cobranças de aprendizagem. É que nas provas você tem tempo para pensar em cada questão e eu sou muito boa com regras, mas escrever frases e textos em finlandês é muuuuuuito complicado porque a mesma palavra muda a todo instante dependendo do sentido que se está dando. E para piorar, minha memória estava dando tilt de tanta coisa ao mesmo tempo e de tantas lacunas que foram se abrindo exponencialmente na minha aprendizagem e comecei a ficar estressada...muuuuuuuuito estressada! Tão estressada que em fevereiro, quando a professora entregou um texto, que de cada frase mal entendia uma palavra, e imaginei o tanto que vinha pela frente até maio no final desse nível "básico" desatei a chorar na sala de aula sem me controlar. E ficava com raiva de mim mesma porque não conseguia parar. Olhando os textos e as lágrimas rolando...affff! Vocês não têm idéia do tormento que foi aquilo. E é porque eu já vinha alertando a professora que eu não estava dando conta de tanta coisa para memorizar. E sempre ela dizia: logo, logo você vai estar falando finlandês! E, de verdade, eu acreditei nela e seguia em frente...só que desabei antes.

Então, no intervalo da aula a professora veio conversar muito amavelmente comigo e me disse que ia tentar ver se havia vaga disponível em outra turma que havia começado em janeiro. Ai! Como respirei aliviada, agradeci e ao mesmo tempo fiquei na maior dúvida, porque quando estou estressada fico meio surda e muda, ainda mais porque a professora havia falado em inglês, daí pedi a uma colega que domina inglês e espanhol para ouvir o que a professora havia me proposto e confirmar para mim, em espanhol, se eu havia entendido correto. O problema foi que quando a professora expôs a solução essa minha colega logo disse que queria também. Bom, resumindo: fomos nós duas para a nova turma com o pedido da professora que não comentássemos com mais ninguém, porque não teria como conseguir mais vagas. Depois que nos mudamos, descobri que a mioria de nossa antiga turma já haviam frequentado algum curso de finlandês, por isso estavam tão na frente e por isso a professora "corria" com a matéria. Osso!

Enfim, estamos na nova turma, começando praticamente do zero. E como entendo agora tantas coisas que haviam ficado soltas! E mais: a professora explica em finlandês, mas se a turma estiver com dificuldade ela explica em inglês. E isso é ótimo porque conseguimos fechar muitas lacunas bobas na aprendizagem de modo que se consolida mais consistentemente. Ontem fizemos prova do terceiro e quarto capítulo: dias, meses, anos, estações do ano, clima, temperatura, moradias, mobiliários (mais de 50) e adjetivos...muuuuuuuuuuitos adjetivos...também mais de 50. A última questão foi fazer uma redação "Minun asuntoni" e consegui desenrolar bem melhor.

Estou de volta!

25 comentários:

  1. Cara, finlandês é sinistro. Mas essa volta ao praticamente zero depois de uma porrada inicial é ótima. Dá mais segurança, dá mais aquele sentimento de "Agora sei o que to falando!!!".

    Eu sei bem o que é esse estresse, principalmente quando se está aqui e se quer ser entendido e entender e não ficar mudo com cara de bum-bum no meio de conversas...

    Boa sorte na nova empreitada e que agora as coisas fluam. :)

    Beijos de Lahti em degêlo... :)

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que após tanto transtorno, você tenha conseguido uma boa solução.
    Como diz ditato: "No final tudo acaba bem, se nao está bem, é porque ainda não é o final."

    Abraços e força!

    ResponderExcluir
  3. Soa realmente muito bom que você tenha voltado :) Vai ficar mais fácil e vai dar pra progredir sem estresse!

    Mas com tempo você vai vendo que as coisas são mais simples do que pareciam antes. Eu percebo isso volta e meia com alguma coisa que me complica um pouco pra falar.

    E uma coisa que me ajuda com idiomas é me forçar a pensar naquela língua, ou até pensar alto se for o caso :D Mesmo que eu não saiba todas as palavras, eu explico com o que eu conheço e assim vai. Acho que o negócio é tentar usar o máximo possível o finlandês :DD

    ResponderExcluir
  4. Caramba, já fiquei angustiada só com a descrição do que você passou, deve ter sido uma barra mesmo! Mas agora que a fase ruim já passou tudo vai melhorar e você vai arrasar no finlandês, vê só... :D

    E o que disseram no comentário aqui em cima é verdade, sempre que eu aprendi um idioma novo eu ficava falando sozinha pra treinar, passava por doida mas ajudava bastante. Tá que não era finlandês, que pelo visto é mesmo muito mais difícil, mas enfim. O que importa é não desistir. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  5. Pois é Leo...estou me sentindo bem melhor com o finlandês agora. Para completar, todos os dias leio os títulos das notícias e procuro me inteirar das notícias no HS, no Varttia, no Metro...ouço radio e agora estou com TV com algumas coisas com legenda em finlandês. Isso tudo para preencher a enorme falta de conversar com finlandeses. Não consegui um amigo finlandês sequer. Todos os amigos que fiz até agora são estrangeiros também.
    Onde posso, tento falar finlandês: kioski, kahvia, Hesburguer...mas é muito pouquinho para minha expectativa.
    Bom, mas é o que tenho e faço uma bela torta com tudo isso. Afinal, somos brasileiros....e é nossa especialidade buscar soluções...rsrsrsrs

    Obrigada pela força de sempre!

    ResponderExcluir
  6. Em tempo: maior "meleca" esse degelo. Hoje fui dar umas voltas na Torre do Stadium afffff....que me dá nos nervos: fico andando cm x cm para não escorregar quando não afundamos o sapato no falso gelo cheio de água...argh! Taí uma coisa que não gosto aqui.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada também Jeferson...e o ciclo continua...
    Tudo de bom para vc!

    ResponderExcluir
  8. Pois é Ramsés...isso é bem legal sim!
    O "meu" problema é que não tenho mesmo com quem falar mesmo errando, e pior, não tem quem me corrija, aí resta ficar com o jornal, rádio e TV....melhor que nada! rsrsrsrsrs
    Valeu o incentivo! Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. É verdade Lalá!
    E desistir?...nem passa pela minha cabeça. Lá somos mulheres de desistir? rsrsrsrsrsrsrs
    A gente sacode a poeira e dá a volta por cima!
    Obrigada também Lalá!
    É muito bom receber o apoio de vcs todos. legal mesmo!
    Bjus

    ResponderExcluir
  10. Querida Mujer valiente !!! adelante ....ya encontraras con quien prácticar tu fines !

    un beso

    ResponderExcluir
  11. Marcelita!!! Mí amiga muy querida!!!
    Obrigada!
    Besos

    ResponderExcluir
  12. ola Irene, td bem?? Prazer em achar seu blog!!! Eu vou passar uma semana na Finlandia em junho a trabalho, mas confesso q estou meio perdida, até pq meu orçamento é pequeno... estou pesquisando alguns hostels, mas o preço é caro e o serviço parece ruim eheheeh vc sabe se existe alguma alternativa em Helsinque? ehehe Abraços vou ler mais seu blog agora!!

    ResponderExcluir
  13. Irene, estou tão feliz que tenha voltado *-*
    Nossa, a carga horaria do seu curso é realmente puxada né.Concordo com você, a mudança das palavras nas frases é de enlouquecer. Mas que bom que você está seguindo em frente e esse novo começo vai te ajudar muito com certeza.
    Imagino como você deve ter se sentindo, a frustação de não conseguir algo tão rápido quanto queriamos é ruim mesmo. Mas o que importa é continuar certo.
    O que a Lalá disse é verdade, ficar falando ajuda bastante...mesmo que seja sozinha. Eu faço isso sempre aqui em casa (os vizinhos pensam que eu sou louca)rsrsr. Outra coisa que eu faço bastante é pensar no que estou fazendo. Tipo, quando estou lavando a louça ou fazendo qualquer coisa eu fico pensando isso em Finlândes.Ajuda muito.
    Espero que daqui pra frente seu aprendizado vá de vento em polpa.
    Boa sorte e tudo de bom
    Abraços :D

    ResponderExcluir
  14. Nossa! Deu vontade de chorar só em lêr seu post... essa semana fui fazer a entrevista pra iniciar o curso de finlandês e já fiquei em pânico..rs rs.
    Achei legal vc partilhar sua experiência, de certa forma dá uma força e nos faz vêr que não estamos sozinhos nessa jornada que é aprender esse idioma tão difícil...

    ResponderExcluir
  15. OLá EgitoeBrasil!
    Infelizmente não saberia lhe indicar, porque não conheço.

    Mas encontrei essa página na Net http://www.hostels.com/helsinki/finland?source=hostelscomother&gclid=CPf2_K6tv6ACFQkrDgod2h4DTw onde vc pode pesquisar.

    No site do Finland Live há um forum com muitas informações e pessoas para ajudar: http://www.finlandlive.info/forum/

    Boa sorte e felicidades
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Obrigada pela palavras de apoio Andressa.
    É bom saber que não somos "bichos estranhos" rsrsrsrsrs.
    Bjus e tudo de bom para vc.

    ResponderExcluir
  17. Olá Sandra,
    Cada pessoa tem sua própria maneira de ser e de se relacionar na vida e por mais que eu tente (tentemos), palavras são muito pobres para tanta riqueza. Então cada um as vê com boa dose de seu próprio ângulo de visão. Que bom que minha experiência serve para lhe fortalecer. Fico feliz! Bjus muitos, sorte com o finlandês, felicidades!

    ResponderExcluir
  18. Cristina (crisornellas@hotmail.com)18 de março de 2010 17:50

    Ola !

    Adoro ler o seu blog !!! Mas não me lembro de ter comentado aqui antes, hehehe, moro em Niterói no RJ. Sou apaixonada por toda essa atmosfera da Finlândia, estou aprendendo finlandês a alguns meses... e por ser autoditada ja acho complicado, imagino por ai como deve ser louco !!!

    Estou atras de bolsa de estudos pra ir para Finlândia para mestrado, pós algo assim em 2011, se Deus quiser !!!

    Enfim, boa sorte na terrinha gelada, continue escrevendo pois eh mto legal vir aqui, me sinto um pouquinho mais perto do meu sonho !

    bjsss

    ResponderExcluir
  19. Nossa Cristina! Que pessoa decidida é você hein? Digo isso porque não é fácil seu autodidata em finlandês...precisa muita disciplina e persistência. Parabéns!
    Boa sorte com seus sonhos!
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Irene,tenho uma coisa pra te dizer,go ahead e não desista nunca,vc é uma professora pra mim,eu como aluna nao desisto e tbm não quero que vc desisa,continue persistente.vc é uma otima blogueira,e otima professora =)

    ResponderExcluir
  21. Nossa Anônimo! Animei!
    Valeu aí!
    Se você quiser posso te mandar um resumo que fiz no excel de algumas coisas básicas do finlandês (palavras, partitiivi, verbos, algumas declinações, frases básicas).
    É só me pedir por email. Mando com o maior prazer.
    Feliz Páscoa!
    Hyvää Pääsiänen

    ResponderExcluir
  22. Caraca o finlândes é tão difícil assim??? [tô lascada]...
    Pelo que eu entendi, tem como ir pra finlândia falando somente o inglês (e ai fazer um curso)???

    ResponderExcluir
  23. Olá Irene, gostaria que vocÊ enviasse pra mim sua planilha, com certeza me será de ótima ajuda, já que cato umas coisinhas aqui e outras ali da internet. meu e-mail é: ladyamorphis@hotmail.com
    Boa sorte pra vc.
    Hyvää iltapäivää
    Anne

    ResponderExcluir
  24. Olá Leandra!
    Sim, aqui 95% dos finlandeses falam inglês...dá para se virar sim. E há ofertas de cursos de finlandês para estrangeiros.
    Bjus

    ResponderExcluir
  25. Olá Anne,
    Compartilhei a planilha com quem quiser na internet. O link já está no post: http://brasilfinlandia.blogspot.com/2010/07/meus-apontamentos-de-finlandes.html
    Se tiver dúvidas me avisa ok?
    Bjus

    ResponderExcluir

Comente, acrescente, enriqueça...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...